Livro: Coração de Tinta

Título: Coração de Tinta
Autora: Cornelia Funke
Editora: Cia. das Letras
Páginas: 456

"Mo decide nunca mais ler em voz alta, pois possui um poder de que, ao ler em voz alta, suas palavras ganham vida. Há muitos anos atrás, Mo leu em voz alta para sua mulher e ela desapareceu, e no seu lugar vieram parar Capricórnio e sua gangue, personagens do mal do livro Coração de Tinta. Agora os personagens estão fazendo roubos e querem que Mo traga outros do livro. Mo quer apenas poder ler e trazer sua mulher para fora do livro e mandar Capricórnio e sua gangue de volta para onde nunca deveria ter saído."



Minha opinião: O livro tem um começo meio confuso e algumas pessoas até desistiriam de ler, mas eu fiz um esforço e continuei e não me arrependi. O livro começa a ficar bom quando Capricórnio sequestra Mo e Meggie (sua filha). O livro é cheio de aventuras, mas há algumas partes desnecessárias. Eu achei ele muito bom, um dos melhores livros que já li e não me arrependo de ter lido, quem sabe daqui um tempo eu leia de novo pois adorei mesmo.

Curiosidade: O livro faz parte de uma trilogia da qual Sangue de Tinta e Morte de Tinta fazem parte.

E vocês, já leram Coração de Tinta?

CONVERSATION

4 comentários:

  1. Nunca li o livro. Mas tem um filme com o mesmo nome e ele é fantástico!

    Obrigada por comentar no meu blog. Eu adorei o seu também. Já segui ele. Segue o meu também?

    http://meublog-jaque.blogspot.com/

    xoxo

    ResponderExcluir
  2. O filme é fantástico mesmo, mas o livro é bem mais detalhado.

    Obrigado querida, vou seguir sim! *-*

    ResponderExcluir
  3. A eu ja assisti o filme tb! E muito lindo! E a filha dele tem o mesmo poder! Adorohh! To querendo ler narnia! Dizem que tem mais versao do que o filme!
    http://blogdanicknaves.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Nicole: Já comecei a ler o volume único de Nárnia, são várias histórias e se não me engano o livro tem quase 1000 paginas :O e acabei desistindo, pois o livro era de biblioteca e teria que pegá-lo várias vezes para poder terminar. Talvez um dia eu tomo coragem e leio todo.
    Beijo.

    ResponderExcluir

Back
to top